Jayme Cortez

1926 - 1987

O ilustrador Jayme Cortez, considerado um dos grandes nomes das histórias em quadrinhos brasileiras, nasceu em Portugal. Desde a década de 50, pintou capas para diversas publicações, de variados gêneros. Foi um dos nomes importantes das HQs de horror, ao lado de outros estrangeiros radicados no Brasil (Nico Rosso, Eugênio Colonnese, Rodolfo Zala). Conheceu José Mojica Marins em 1968, colaborando com ilustrações para o filme O Estranho Mundo de Zé do Caixão. Competente cartazista de cinema, desenhou o pôster de Finis Hominis (1971), para Mojica. Em 1978 e 1979, o cineasta o convenceu a participar como ator nos filmes Delírios de um Anormal, Perversão e Mundo: Mercado do Sexo (Manchete de Jornal). Todos tiveram também cartazes pintados pelo artista. Teve uma bem-sucedida carreira como publicitário e ilustrador de livros. Após sua morte, foi homenageado na cerimônia de premiação Angelo Agostini, que deu seu nome ao troféu honorário entregue anualmente aos "incentivadores da HQ nacional".

por
Carlos Primati
em janeiro 6, 2005 12:00 AM

musica literatura cinema
proposta do site | sobre a cultura gótica | créditos | contato
1998/2002 © Carcasse.com | comunidade virtual da arte obscura